Qual o poder das Velas?Aprendendo Sobre Velas

Vela! Essas práticas rituais são comumente empregadas nas religiões espiritualistas de matriz africana ou indígena como a umbanda, o candomblé, o Vale do amanhecer, a Jurema

Qual o poder das velas?


… Que embora respeitáveis, nada têm a ver com o Espiritismo.  

A Doutrina Espírita também não emprega imagens, colares, cristais, charutos, amuletos, banhos, sal, mantras, benzimentos, pontos riscados, roupas exóticas e nem impõe vestimentas de determinadas cores.  

Objetos materiais como velas e imagens são apenas muletas utilizadas por quem ainda não se libertou dos condicionamentos adquiridos em múltiplas existências, dentro das religiões tradicionais. 

Pergunta sobre velas  

“Aquele que, errado ou certo, tem confiança no que chama virtude de um talismã, não pode por essa confiança mesma atrair um espírito, porque, então, é o pensamento que age?  

“É verdade, mas a natureza do Espírito atraído depende da pureza da intenção e da elevação dos sentimentos.  

Ora, é raro que aquele que é tão simples para crer na virtude de um talismã não tenha objetivo mais material que moral.  

O mesmo se aplica ao uso de velas, salvo quando falta energia elétrica, nesse caso elas são imprescindíveis.  

Veja:

Acender velas dentro de casa atrai espíritos ruins? 

Não existe perigo de atrair espíritos inferiores ao acender velas em casa, pois estes não têm força para permanecerem no ambiente, a menos que sejam invocados.  

Porém, alguns cuidados são necessários para que não ocorra nenhum tipo de acidente: ao sair, apague-a (lembre-se que o pedido já foi feito ao acendê-la), coloque-a sobre um prato (ou dentro de um copo específico) e cole sua base com a própria cera derretida.  

a união da cera e do pavio – fogo e ar -, que são consumidos na chama ardente, representa a síntese de todos os elementos da natureza.  

Jesus falava da “luz da nossa fé”, comparando-a com a chama da vela, e aquele que vive com fé brilha igualmente com a luz, ou seja, quem evita o mal ajudando as pessoas, praticando o amor e somente o amor, ilumina todos à sua volta.  

O significado de cada cor de vela 

Para cada tipo de pedido pode ser utilizada uma cor de vela para que, ao visualizarmos, o cérebro atue para que nossa aura a reflita;  

é através desse processo alquímico que os seres superiores recebem nossos pedidos.  

Afasta o “gênio contrário” que poderá estar manifestado no ambiente, causando desentendimentos entre as pessoas.  

Deve ser usada em assuntos amorosos (favorecendo o encontro das almas gêmeas) ou para fortificar relacionamentos afetivos e filiais.  

Deve ser usada quando o pedido estiver associado à espiritualidade ou para transformar sentimentos negativos (como mágoas) em amor.  

VELA VERMELHA  Representa o dinamismo, a força e a coragem e pode ser usada em qualquer situação relacionada à emergência, ou pedidos urgentes.  

Muitas pessoas acreditam que a vela é apenas um instrumento utilizado para clarear o ambiente quando não se há energia elétrica.  

Por outro lado, religiosos associam a cor das velas a um determinado tempo e significado.  

Vela Branca 

É a cor da paz, da espiritualidade.  

Acendem-se quando se deseja paz, limpeza, cura, reconciliação, harmonia e iluminação em casa.  

Ela purifica todo o organismo, ajuda na cura de doenças estomacais, do sistema linfático, e do sistema nervoso central.  

Vela Laranja 

Para incentivar a criatividade, as diversões e os prazeres e as atividades artísticas e desportivas;  

Para as novas empresas e esotericamente para receber luz e alimentar o poder mental e o espírito.  

A vela laranja afasta o azar, o comodismo e o conformismo, fazendo com que as pessoas tomem consciência de seus direitos e possibilidades na vida e ajudando as mesmas a concretizarem seus objetivos.  

Vela Vermelha 

A vela vermelha está ligada à beleza física, a sensualidade, vitalidade e paixão.  

É bom acende-la quando se precisa de coragem, ânimo, determinação, força, ação, dinamismo, vigor, proteção,

conquistar e liderar assuntos relacionados à matéria, trabalho e dinheiro, para que se tenha triunfo e evolução rápida dos

acontecimentos.  

Traz vitalidade a todo o corpo, protege a cabeça, os órgãos sexuais, as vias urinárias, os rins, e a circulação sanguínea.  

Quando um feitiço é mandado contra nós, devemos nos proteger acendendo velas vermelhas para que ele seja quebrado.  

Vela Amarela 

É a vela da comunicação, nos traz ordenação de idéias, o raciocínio e a lógica.  

Vela amarela deve ser acesa quando há necessidade de cura energética, clarear a mente, abrir o intelecto, firmar os

pensamentos, desenvolver a espiritualidade e ocorrer mudanças rápidas das situações.  

Vela Rosa 

A vela rosa simboliza o amor e as relações de afeto intenso.  

Usada em rituais para atrair a felicidade amorosa ao lado da pessoa amada.  

Protege a sensibilidade, o metabolismo, as funções renais, os órgãos sexuais femininos, a região lombar, e o cabelo.  

Vela Violeta ou Lilás 

Deve ser acesa quando há necessidade de transmutar as energias, transformar negatividade, ter inspirações, aumentar a

intuição, combater o “stress” e acalmar-se.  

Tem poder de transmutar o carma, trazer equilíbrio espiritual e harmonizar os altos e baixos que a vida pode proporcionar

a um indivíduo.  

A vela púrpura ou roxa é a Chama da Iniciação, e não existe chama grande ou pequena que não tenha de passar pelos

seus domínios.

Facebook Comments

Deixe uma resposta