O Poder dos Gatos na Cura das Doenças Os insetos em sua vida

A maioria das pessoas acha que os gatos não fazem nada, são preguiçosos e tudo que fazem é comer e dormir.  

Os insetos em sua vida e o poder dos gatos na cura das doenças

Todos os gatos têm o poder de, diariamente, remover energia negativa acumulada no nosso corpo.  

Se há mais do que uma pessoa na família, e apenas um gato, ele pode acumular uma quantidade excessiva de negatividade ao absorver energia de tantas pessoas.  

Se estivermos excessivamente estressados, eles podem não ter tempo suficiente para liberar tamanha quantidade de energia negativa, e consequentemente ela se acumula como gordura até que eles possam liberá-la.  

Se houver algo estranho acontecendo ao nosso redor, eles todos pularão na nossa cama e nos protegerão.  

OS GATOS NOS CURAM 

Se uma pessoa vier a nossa casa e os gatos sentirem que essas pessoas estão ali para nos prejudicar ou que essas pessoas são do mal, os gatos nos circundarão para nos proteger.  

Então, meus ouvidos e meus olhos buscam imediatamente ver a reação dos meus gatos para ver o que eles farão quando alguém entra em minha casa.  

Se você não tem um gato, e um gato vira-latas entra em sua casa adotando-a como lar, é porque você precisa de um gato em casa nessa época em particular.  

O gato veio a você por um motivo, desconhecido para você a nível físico, mas em sonhos você pode ver a razão para o aparecimento do gato nessa época, se você quiser saber.  

Veja:

Gatos

Dívida a resgatar 

Na época de Atlântida, os curandeiros usavam cristais em seus trabalhos.  

Quando os curandeiros visitavam vilas distantes, eles não podiam usar os cristais pois o povo desconfiava deles achando que eles usavam magia negra.  

Como eles não podiam usar cristais, os curandeiros levavam gatos que exerciam exatamente a mesma função dos cristais.  

Quem não se relaciona bem com o próprio inconsciente não topa o gato.  

Ele aparece, então, como ameaça, porque representa essa relação precária do homem com o (próprio) mistério.  

Se o gesto de carinho é medroso ou substitui inaceitável (mas existentes) impulsos secretos de agressão, o gato sabe.  

Relação dele é com o que está oculto, guardado e nem nós queremos, sabemos ou podemos ver.  

Por isso, quando surge nele um ato de entrega, de subida no colo ou manifestação de afeto, é algo muito verdadeiro, que não pode ser desdenhado.  

Perto ou longe, olhando ou fingindo não ver, ele está comunicando códigos que nem sempre (ou quase nunca) sabemos traduzir.  

O gato é médium, bruxo, alquimista e parapsicólogo. 

É uma chance de meditação permanente a nosso lado, a ensinar paciência, atenção, silêncio e mistério.  

gato é um monge silencioso, meditativo e sábio monge, a nos devolver as perguntas medrosas esperando que encontremos o caminho na sua busca, em vez de o querer preparado, já conhecido e trilhado.  

gato sempre responde com uma nova questão, remetendo-nos à pesquisa permanente do real, à busca incessante, à certeza de que cada segundo contém a possibilidade de criatividade e de novas inter-relações, infinitas, entre as coisas.  

Se os preparadores físicos aprendessem o aquecimento do gato, os jogadores reservas não levariam tanto tempo (quase 15 minutos) se aquecendo para entrar em campo.  

O gato sai do sono para o máximo de ação, tensão e elasticidade num segundo.  

  • Lição de saúde sexual e sensualidade.  
  • Lição de envolvimento amoroso com dedicação integral de vários dias. 
  • Lição de organização familiar e de definição de espaço próprio e território pessoal.  
  • Lição de anatomia, equilíbrio, desempenho muscular.  
  • Lição de salto. Lição de silêncio.  
  • Lição de descanso.  
  • Lição de introversão.  
  • Lição de contato com o mistério, com o escuro, com a sombra. 
  • Lição de religiosidade sem ícones.  
  • Lição de alimentação e requinte.  
  • Lição de bom gosto e senso de oportunidade. 
  • Lição de vida, enfim, a mais completa, diária, silenciosa, educada, sem cobranças, sem veemências, sem exigências. 

gato é um animal que tem muito quartzo na glândula pineal, é portanto um transmutador de energia e um animal útil para cura, pois capta a energia ruim do ambiente e transforma em energia boa, — normalmente onde o gato deita com frequência, significa que não tem boa energia– caso o animal comece a deitar em alguma parte de nosso corpo de forma insistente, é sinal de que aquele órgão ou membro está doente ou prestes a adoecer, pois o bicho já percebeu a energia ruim no referido órgão e então ele escolhe deitar nesta parte do corpo para limpar a energia ruim que tem ali.  

O gato deita em determinado lugar, ele sai de repente, pois ele sente que já limpou a energia do local e não precisa mais dele.  

O amor do gato pelo dono é de desapego, pois enquanto precisa ele está por perto, quando não, ele se a afasta.  

No Egito dos faraós, o gato era adorado na figura da deusa Bastet, representada comumente com corpo de mulher e cabeça de gata.  

“O gato imortal existe, em algum mundo intermediário entre a vida e a morte, observando e esperando, passivo até o momento em que o espírito humano se torna livre.  

Gatos Neutralizam Energias 

A primeira descoberta foi que os gatos dormem muito porque precisam repor as energias que perdem enquanto fazem a limpeza do ambiente.  

Isso não é uma novidade, porque já no antigo Egito eles eram e ainda são considerados animais sagrados, porque simbolizam exatamente isso: a limpeza, a higiene, tanto do ambiente como a deles mesmo.  

Preste atenção onde seu bichano gosta de dormir, normalmente eles procuram locais onde existe alguma energia parada, essa energia não é necessariamente negativa, mas também não é boa tê-la sem utilidade.  

Esta questão está associada ao seu campo vibratório perfeito, ou seja, o gato é o animal que mais neutraliza o negativo, se colocarmos numa escala, neutralizaria 100%, daí a questão das sete vidas.  

Quem nunca prestou a atenção em um gato acompanhando o olhar para algo que não conseguimos ver?  

Neste momento ele está sintonizando seu campo com o da pessoa ou neutralizando seu próprio campo negativo, por isso é aconselhável pegar um gato no colo pelo menos uma vez ao dia.  

Karen Allen, uma pesquisadora da Universidade Estadual de Nova York, descobriu que corretores com hipertensão que adotaram um gato, tiveram menores leituras de pressão arterial em situações estressantes do que aqueles que não possuem o animal de estimação.  

Nessa pesquisa, que foi publicada no site da Univesidade de Buffalo e apresentada à Associação Americana do Coração,

concluíram que os gatos controlam a pressão arterial melhor do que os medicamentos inibidores da enzima conversora da

angiotensina (também chamados de inibidores da ECA), que ajudam a relaxar os vasos sanguíneos.  

Em um estudo publicado na revista Frontiers of Psychology, pesquisadores concluíram que os gatos, por causa do

impacto que têm sobre os nossos níveis de oxitocina, são capazes de reduzir a agressão, aumentar a empatia, aprimorar

a aprendizagem e produzir um aumento da confiabilidade em outras pessoas.  

Quando isso acontece, os níveis de cortisol (hormônio do stress) diminuem, promovendo uma sensação de bem-

estar físico e emocional, deixando corpo e mente em harmonia, fortalecendo o sistema imunológico, dentre outros

benefícios.  

O Ronronar dos Felinos 

Alguns especialistas vão ainda mais longe e afirmam que o ronronar dos gatos pode curar graças às vibrações e sons

graves que produz.  

Cientistas demonstraram que os felinos produzem o ronronar através de movimentos intermitentes da laringe e dos

músculos do diafragma, e concluíram que as frequências de som nesse intervalo podem melhorar a densidade óssea e

promover a cura de células.  

Os pesquisadores afirmam que, como o gato conserva energia através de longos períodos de descanso e sono, é possível

que o ronronar seja um mecanismo que estimula músculos e ossos sem gastar muita energia.  

Na mitologia egípcia 

Ancestrais, principalmente para os antigos egípcios, que os tratavam como deuses.  

Os gatos podem não serem deuses, mas temos evidências suficientes com relação aos seus poderes de cura e podemos

concluir que eles são verdadeiros terapeutas holísticos.  

Com estas novas descobertas, não existem dúvidas quanto à sua influência positiva na saúde dos seres humanos.  

Gif de gatoA maioria das pessoas (ignorantes) acham que os gatos não fazem nada, são preguiçosos e tudo que fazem é

comer e dormir.  

Se há mais do que uma pessoa na família, e apenas um gato, ele pode acumular uma quantidade excessiva de

negatividade ao absorver energia de tantas pessoas.  

Se estivermos excessivamente estressados, eles podem não ter tempo suficiente para liberar tamanha quantidade de

energia negativa, e conseqüentemente ela se acumula como gordura até que eles possam liberá-la.  

Por isso eles gostam de dormir na nossa cama. 

Se uma pessoa vier a nossa casa e os gatos sentirem que essas pessoas estão ali para nos prejudicar ou que essas

pessoas são do mal, os gatos nos circundarão para nos proteger então, busque ver a reação dos seus gatos para ver o

que eles farão quando alguém entrar em sua casa.  

Se você não tem um gato, e um gato vira-latas entra em sua casa adotando-a como lar, é porque você precisa de um gato

em casa nessa época em particular.  

Gato veio a você por um motivo desconhecido para você a nível físico, mas em sonhos você pode ver a razão para o

aparecimento do gato nessa época, se você quiser saber.  

Os Gatos são nossos Protetores 

Os gatos possuem uma conexão com o mundo mágico, invisível.  

Assim como os cães são nossos guardiões no mundo físico, os gatos são nossos protetores no mundo energético.  

Gato pode, muitas vezes, ficar em lugares com baixa circulação de energia ou Chi vital para poder ativar esta área.  

Quando dormimos, nossos corpos astrais separam-se do corpo físico e vão para a quinta dimensão, a dimensão sem

tempo e espaço: a dimensão em que estamos durante nossos sonhos.  

Por falta de treinamento e preparo, na grande maioria das vezes não enxergamos essa dimensão tal como ela é, em vez

disso a “mascaramos” e codificamos com nosso conteúdo psíquico e inconsciente.  

Os gatos muitas vezes nos acompanham nessas viagens astrais ou protegem nosso corpo astral, além de guardar o

nosso quarto de espíritos indesejados enquanto dormimos.  

Os gatos também monitoram nossa evolução. 

Durante sua convivência conosco, eles transmitem informações a dimensões superiores, servindo como radares e transmissores.  

Além disso, como transmutadores de energia, eles auxiliam na cura, desempenhando um papel semelhante ao dos cristais.  

Um amor livre, não submisso, respeitador do arbítrio alheio e das diferenças.  

Do ponto de vista energético, pessoas que têm alergia a gatos são pessoas que têm dificuldade de deixar o amor entrar em suas vidas.  

De acordo com Caroline Connor, se há muitas pessoas na família e um único gato, ele pode ficar sobrecarregado absorvendo a negatividade de todos.  

Gatinho chegou até você por alguma razão que você pode não compreender a nível físico, mas você pode descobrir

através dos sonhos se assim desejar.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *